Quitanda.


Nunca entendi, exatamente, a razão de tanta porta no mundo. Nunca fui como Vô Caburé, encostado às Sete Bocas, sempre segurando algum trago. Sempre esperando, sempre. Uma gira, um pagode... um encontro com a mulata mais linda do bairro... Engraçado. Meu avô Caburé era etnógrafo... e nem sabia.

Comentários