Rio Tejo.


Essa imagem é pra Pessoa...


por ele caminhei nesta cidade,
vi qualquer e toda paisagem...
por ele andei léguas e léguas,
cacei objetos, 
e ainda fiquei na vontade.


Por isso, e mais um pouco,
por toda a viagem... 
essa imagem é pra Pessoa.

Comentários

  1. Lindo.

    Posso não saber o que quis dizer, se é que quis dizer algo, mas aquilo que tiro dessas palavras e dessa imagem me tocam, e me tocam tão serenamente e profundamente que faço reflexões sobre uma diversidade de coisas da vida.
    Uma delas é uma espécie de conforto que sinto por poder conhecer a poesia de alguém que esteve próximo. Como se fosse uma esperança na humanidade. Como se, ao ler isso, eu passasse a acreditar que há quem se "preocupe" com as "outras coisas". O mundo não deve estar tão de cabeça pra baixo assim, afinal... Agora, não basta apenas crermos nisso; há muito a ser feito e me sinto apta a fazê-lo a cada palavra sua de poesia.
    Seria isso um agradecimento?

    Um tantão de beijocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bonito, Thaís...então quer dizer que aprendemos na sala de aula, das coisas que ouvimos, dos poemas que lemos, da vida que brota nas coisas mais simples...de tudo aprendemos um pouco, né?
      Hei, você ta virando uma mulher muito interessante, sabia?? E é bom te ver crescer....

      BeijoCAS...

      Excluir

Postar um comentário