Primeiro sol do inverno.


Ontem foi o fim de tudo, um dia último... dos últimos dias, dos últimos encontros. Ri um tanto e meio, ri um tanto alto, e falei certas besteiras... besteiras de fim de feira, de fim das horas, de fim dos tempos... de fim do mundo. Ontem foi um dia último e, por isso, prometi tantas vidas, defini tantos prazos... prometi cumprir um bando de coisas e abandonar velhos hábitos... prometi dar fim ao desperdício, jurei ser feliz e me redimir... prometi tantas coisas... que, hoje, sozinha e sóbria... hoje são promessas que só me fazem rir... 

Comentários

Postagens mais visitadas