Azul.



Um céu assim, azul pra mim,
faz o olho brilhar, a boca secar
e sei lá o que mais...

Um céu assim,
azul só pra mim,
acalma a alma...
pois arranja em cada pote as minhas mágoas,
e enrola o meu cabelo, feito onda e feito pêlo.

Um azul assim, de um céu todim pra mim,
faz fazer de conta que a vida é mansa...
e que o vento escorre e dança... feito criança.

Um assim de céu, pra mim, pra Deus,
esconde qualquer estrago de um amor mal-amado...
e hoje já nem me importa se a garota dos seus sonhos
mora lá em Bela Vista.

Num azul de céu assim...
só pra mim.

Comentários