Flor \/.

I ATO (segunda-feira)
- Nunca uma flor... nunca um poema, nunca uma carta de amor...
II ATO (terça-feira)
- Me dá uma flor, senão te capo!!
III ATO (quarta-feira)
- Me dá uma flor, senão me mato!!!!
(e a chantagem segue de fato)
IV ATO (quinta-feira)
- Me dá uma florzinha, meu bem, senão não tem nheco-nheco, tchaca-tchaca... nem neném.
- Ufa.. nem neném??? Amém...
V ATO (sexta-feira)
- Tá bom, uma flor de caixão... uma flor sem promessa, sem romance, com pressa... me compra uma rosa, me faz qualquer coisa...
- Sábado é dia de flor, amor... resguarda, aguarda, que logo te dou uma flor!!
VI ATO (sábado)
- Cadê minha flor??? Cadê, cadê???

- Procê.

...

Comentários