Tardes na Samambaia.

      Hoje sonhei contigo, Cabra... Sonhei que você já não existia mais, já não existia... E mais nada.  

Comentários