Santidade Incendiária.

No suspiro de uma vida inteira... no respirar profundo de uma vida inteira... e nas distâncias dessa vida, acendo vela e pago pena. É nas coisas de santo e de gira que eu me acalmo, me aqueço... me esqueço e distancio das angustias da vida. E é também neste rito, de passagem e de medida, que caminho na glória das coisas da vida. Numa retidão que nem faz falta... Nem nada. Sempre indo. Reticente. Retilínea. É que quase não sinto desejo... Quase não sofro saudade. Apenas uma Santidade Incendiária. Retirante. Resistente. Uns excessos... Uns cuidados intensos. Demasia. Desterro. E mais nada.

Comentários

Postagens mais visitadas