Monopólio do drama num céu azul como o de Brasília.



[...]
eu serei, daqui para adiante,
o monopólio em pedaços... 
em memória e etérea.
[...]
azul, azul, azulzim de dor e de traumas.
no monopólio do drama e da calma.
[...]
sozinha. solteira. e mais nada.

Comentários

Postagens mais visitadas