Dia frio, tempo quente.


Faz aqui um frio teso, intenso...
E eu já nem sei mais se vale à pena.

O meu corpo não aguenta,
não entende tanta espera,
tanta guerra...
Faz um frio dos diabos nessa terra...
... e o cerrado me chamando...

vêem...

Me cantando... vêem...

lá de longe ele fala... vêem.