Errante, erraste.

Uma imagem perdida de uma poesia qualquer.
quando vi, me perdi na volta!  
Ficou uma estética sem chance...  
que podia ser fotografia, podia ser arte...  
mas... que entre o sopro e a vista, sumiu.  
Ficou borrada na premissa, no desejo.

Virou poesia de pensamento errante.

Postagens mais visitadas