Da janela da minha imagem.


A imagem é um belo movimento para as pernas,
para os nervos...
fazendo festa
e calmaria 
na vida de quem sabe o que é nascimento...

de quem escuta o que é silêncio.

Abri a janela
e o meu céu coloriu,
esses olhos de abril...
que só choram de alegria.

Postagens mais visitadas