Caminhos.

É preciso eu caminhar
(um bocado, um tanto...)
e só... sem espanto.
Pra ver se entendo tanta chuva,
tanto engano,
tanta manga no meu pano...

Postagens mais visitadas