Noite no centro.


...pela estética do celular...
eu caminho a cidade.
Eu sussurro a cidade,
eu descubro a cidade.

E, ela, às vezes,
sem traumas,
me engole de espanto,
me agarra no susto.



Postagens mais visitadas