Vazio.


Cena de cinema... noite na estrada, já é de madrugada... vou chegando ao fim. poesia...
era mesmo assim, meu camarim. uma rolha, mel, cetim. mas, por favor, não ri de  mim.

Postagens mais visitadas