Reflexo em preto e branco e azul do céu.

Preferia nunca ter te encontrado, 
nunca ter te conhecido, ter te inventado, 
te acolhido, amado.
Preferia tudo isso.

Mas, como não posso, 
como não devo, não consigo, não desejo, 
e nem quero... 
Não sei se te vejo. 
Refletido nesse abraço.

Por isso... por tudo e por mais...
Sigo te apagando, 
detalhe por detalhe: 
cabeça, coração, membros, baço.

Sigo te apagando e te esquecendo.
Pouco a pouco.

Sigo envelhecendo 
você na minha história.
Sigo indo... sem você.
E mais nada.

Postagens mais visitadas