Rita do laço de fita.

Outro dia sonhei com Rita... e ela vinha em minha vida, tão risonha, tão faceira. Ela tinha um olhar de guerreira e a risada gostosa... trazia na bagagem da vida, um bocado de histórias tão lindas, recheadas de um céu cintilante, escondido no azul mais bonito que a vida pudesse inventar. E sendo a Rita o meu sonho encantado, sonhei um sonhar infinito, baseado no amor mais bonito e nas coisas que eu desejo da vida... casa, quintal, trepadeira... comida cheirosa e roupa estendida no varal... Um tipo de sonho encantado, Rita e você ao meu lado... coisa de quem já faz é tempo que não se encontra com o vento... e fica sonhando um sonhar quase ausente, parecido com a gente... quando me esqueço ao seu lado...

Postagens mais visitadas