Passagem e água benta.

Água... tipo de passagem, de saudade e de folia. Um verbo que funciona como coisa tola de alegria, de caminhada, de estrada e outros dias. Água... feita de coisa benta, que leva, lava e que nos olha. (É por isso que eu gosto até de água de goiabeira, que atravessa, atiça... e sonha). Água... vem trazendo sempre um sonho lindo, com jeito de conjunção emancipada, ou adjetivo passivo que é ouvido e que fala. Água... é pela água que vem vindo o soluçar das minhas calmas... Água, acalma a alma e fala ao vento que era essa a hora que eu já queria... ter parido uma parrilha, e ficar só escrevendo... Água, sossega a vida que eu cansei. 

Postagens mais visitadas