Vila Planalto.


quando vi, perguntei:
imagens poéticas,
ou poesias imagéticas?

não importa...
tudo ia, todo dia,
poesia.

como vento, esteio, aurora.
como imagem, de tristeza ou paisagem...

todo dia,
tudo ia, e vinha...

e vinha mesmo todo dia...
as mesmas imagens poéticas,
as mesmas poesias imagéticas...

é que isso não importa.
e era assim todo dia:
tudo ia e tudo vinha.

tudo a mesma ladainha,
na poesia do dia!

Postagens mais visitadas