Colagem de sombras.


Conheci, quando cheguei na cidade, um homem que não fala... deságua... derrama, goteja... exclama... palavra por palavra... milhões delas, 367 vezes por segundo. Seu nome, Homem, é só o que eu vejo, nesses dias de entrega e onda.   

Postagens mais visitadas