Toda polidez será castigada.

(continuação)
 
E tem ainda, 
em mim ainda... 
Dias outros. Como este. Como hoje.

Como quando estou contigo.

E fico assim... semi nua.

Fico neblina, sereno e folha molhada. 
E pareço um terreno fértil pra amores enfeitiçados...
Pra encontros certeiros...
E encantamentos.

Aiii, aii, e muitos suspiros.
 
Ai de mim, que sinto saudade de um tudo.

Nessa tela eu viro só madrugada. 
Só. Somente. E mais nada.

Postagens mais visitadas